Categorias

Últimos posts

Ebaa! Hoje é sexta-feiraa e adóóroo … acho que você também né!?😊
Como a chegada do final de semana é gostosa! E com ela, a sensação desses dias tão deliciosos nos remete a descanso e liberdade, porque afinal de contas, durante a semana todos temos muitas obrigações, horários, compromissos, estresse com tudo, trânsito, impostos, metas a cumprir e etc etc. Então quando chega o fim de semana a gente quer é se divertir, dar risada de qualquer coisa, relaxar, dormir, passear… na verdade a gente só quer um pouco de sossego não é mesmo!?
E nessa toada, fuçando em meus arquivos da época em que eu cursava Letras na UNIABC, encontrei umas pesquisas de neologismos* sobre o termo PALAVRÃO – um termo muito usado não só no Brasil, mas sim no mundo todo – e eu que tenho uma boca bem sujinha 😂, aproveito os dias mais tranquilos para soltar o verbo, sempre com muita descontração, é claro! Por isso, divido com vocês uma parte muito interessante e divertida dessas pesquisas, sobre o vocábulo MERDA (muito utilizado até nos filmes e atualmente em novelas globais do horário nobre, como O Sétimo Guardião). 
Emoji de merda.
Começamos pelo significado literal do vocábulo Merda
"Merda é uma expressão geralmente pejorativa, polissêmica e usada principalmente na linguagem coloquial. Em sentido estrito, é resultado do processo digestivo e refere-se às fezes expelidas por um organismo vivo, usualmente expulsas do corpo pelo ânus." Wikipédia
*Conceito de Neologismo: é um fenômeno linguístico que consiste na criação de uma palavra ou expressão nova, ou na atribuição de um novo sentido a uma palavra já existente. Pode ser fruto de um comportamento espontâneo, próprio do ser humano e da linguagem, ou artificial, para fins pejorativos ou não. Fonte: Wikipédia

Mas, meu intuito aqui é entreter e dissertar sobre como esta palavrinha molda nosso comportamento em diferentes situações. Espero que você curta e se divirta lendo essas curiosidades. 😉
Imagem
Conrado – personagem da animação “Fudêncio e Seus Amigos” do canal MTV.
A palavra MERDA pode mesmo ser considerada um curinga da língua portuguesa. Veja alguns exemplos:
  • Como indicação geográfica 1: Onde fica essa merda?
  • Como indicação geográfica 2: Vá a merda!
  • Como indicação geográfica 3: Ufa! Enfim são 18h e vou embora dessa merda.
  • Como substantivo qualificativo: Você é um merda!
Fonte: loucurasedevaneios.com.br
Fonte: loucurasedevaneios.com.br
  • Como auxiliar quantitativo: Trabalho pra caramba e não ganho merda nenhuma!
  • Como indicador de especialização profissional: Ele só faz merda.
  • Como indicativo de MBA: Ele faz MUITA merda.
  • Como sinônimo de covarde: Seu MERDA!
  • Como questionamento dirigido: Fez merda, né?
  • Como indicador visual: Não se enxerga merda nenhuma!
  • Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido: Porque você não vai a merda?
  • Como especulação de conhecimento e surpresa: Que merda é essa?
  • Como constatação da situação financeira de um indivíduo: Ele está na merda…
  • Como indicador de ressentimento natalino: Não ganhei merda nenhuma de presente!
  • Como indicador de admiração: Puta Merda!!
  • Como indicador de rejeição: Puta Merda!!!!
  • Como indicador de espécie: O que esse merda pensa que é??
  • Como indicador de continuidade: Na mesma merda de sempre.
  • Como indicador de desordem: Tá tudo uma merda!
  • Como constatação científica dos resultados da alquimia: Tudo o que ele toca vira merda!
  • Como resultado aplicativo: Deu merda.
  • Como indicador de performance esportiva: O Flamengo, o Grêmio, o São Paulo, o Fluminense, o Corinthians e o Vasco, não estão jogando merda nenhuma!!!
Imagem
  • Como constatação negativa: Que merda!!!!
  • Como classificação literária: Êita textinho de merda!
O autor é desconhecido…eu não escrevi essa merda não… (rs) 😂
Imagem Imagem
Um beijão 😘 para você e um desejo ardente de que seu final de semana NÃO seja uma MERDA! 😀

0 comentários
Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *